21°
Máx
17°
Min

David Cameron alerta para intenção de Nigel Farage de "dividir"

O primeiro-ministro britânico David Cameron advertiu neste domingo sobre os perigos de abraçar a visão de Nigel Farage, defensor da saída do Reino Unido da União Europeia, antes do referendo.

O líder do Partido da Independência do Reino Unido quer levar a Grã-Bretanha "para trás" e dividir, no lugar de unir, disse Cameron. Ele citou isso num artigo no Sunday Telegraph.

Cameron elogiou a visão compassiva de um país inclusivo defendida pela congressista Jo Cox, que tinha apoiado publicamente a permanência. Não está claro que impacto sua morte terá sobre a votação, se houver impacto.

Um homem de 52 anos de idade foi acusado do assassinato de Jo Cox. Quando questionado sobre qual era seu nome no tribunal, neste sábado, o suspeito respondeu "morte para traidores, liberdade para o Reino Unido".