22°
Máx
16°
Min

Donald Trump ameaça retirar EUA da OMC

Foto: Divulgação  - Donald Trump ameaça retirar EUA da OMC
Foto: Divulgação

O candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, ameaçou retirar o país da Organização Mundial do Comércio (OMC) se a adesão à instituição de comércio global interferir em seu plano de impor sanções a empresas que transferem a produção para o exterior.

A ameaça foi feita enquanto Trump discutia seu plano de impor impostos ou tarifas sobre empresas americanas que mudam suas fábricas para outros países, em uma entrevista à emissora NBC, neste domingo.

O entrevistador Chuck Todd sugeriu que tal medida poderia entrar em conflito com a OMC, o clube de comércio com sede em Genebra que inclui a maioria das nações ao redor do mundo e decide sobre disputas comerciais. "Não importa", respondeu Trump. "Então nós vamos renegociar ou vamos sair. Estes acordos comerciais são um desastre, Chuck. A Organização Mundial do Comércio é um desastre."

A ameaça parece marcar um novo nível de ataque ao sistema de comércio global. Anteriormente, Trump já fez críticas a diversos acordos comerciais entre grupos de países, como o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), que estabeleceu o livre comércio entre os EUA, Canadá e México, e o Acordo de Associação Transpacífico (TPP), negócio ainda a ser promulgado que a administração Obama negociou com 11 países da região Ásia-Pacífico.

Retirar-se da organização pode invalidar os acordos que os EUA têm sobre tarifas mais baixas com países de todo o mundo, potencialmente expondo as exportações norte-americanas a taxações mais elevadas por parte de uma série de parceiros comerciais. Os EUA também perderiam a força que têm ao desafiar outros membros da OMC sobre quebra de regras de comércio.

Hillary Clinton, a candidata democrata à presidência dos EUA, também já rejeitou a TPP na forma atual, mas disse que os ataques mais amplos de Trump ao comércio internacional podem levar a uma guerra comercial perigosa.

Fonte: Dow Jones Newswire