22°
Máx
16°
Min

Em meio a uma reestruturação, Air France deve ter novo CEO

A Air France-KLM escolheu Jean-Marc Janaillac, chefe da operadora de ônibus e trens Transdev, para substituir o presidente-executivo Alexandre de Juniac, que deverá deixar o cargo no segundo semestre depois de enfrentar dificuldade para reestruturar a companhia aérea.

A comissão de designações da companhia fez a recomendação, mas esta tem de ser confirmada pelo Conselho de Administração, na sua reunião trimestral da semana que vem, um funcionário da Air France-KLM disse neste sábado.

Juniac deve deixar seu posto ao final de julho, para se tornar executivo-chefe da International Air Transport Association, a associação comercial de companhias aéreas do mundo.

Essa mudança ocorre em meio a uma negociação delicada da diretoria da empresa com os sindicatos a respeito da redução de custos. A companhia se recupera lentamente de anos de perdas, na sequência de uma melhora do ambiente para o setor aéreo. Na Transdev, Janaillac, de 63 anos, liderou uma difícil negociação com os sindicatos.

O programa de reestruturação da Air France lançado por Juniac em setembro de 2014 enfrenta incertezas, após confrontos com os sindicatos que culminaram em outubro de 2015, quando um grupo abordou dois dos principais funcionários da empresa e rasgou as suas camisas na frente das câmeras de TV.

O plano visa a tornar a companhia aérea mais competitiva em termos de custos frente a concorrentes como a Ryanair Holdings e a easyJet PLC na Europa, e a Emirates Airline e outras operadoras do Oriente Médio que observam rápida expansão.