21°
Máx
17°
Min

Enviado da União Europeia à Turquia renuncia ao cargo com aumento das tensões

O embaixador e principal homem da União Europeia na Turquia, Hansjoerg Haber, renunciou ao cargo, disseram autoridades nesta terça-feira, em meio ao aumento das tensões sobre o acordo que prevê o controle do fluxo de imigrantes para a Europa.

Haber, que estava há apenas dois anos em Ancara, deve deixar o posto em 1º de agosto, sendo substituído até lá por outro enviado, disse Maja Kocijancic, porta-voz da chefe de política externa da UE, Federica Mogherini.

O movimento acontece em meio à fortes crítica sobre o acordo de março entre a Turquia e a União Europeia. O governo em Ancara reclama que Bruxelas não está entregando o que prometeu - a liberação de vistos para cidadãos turcos viajarem à Europa, a volta das negociações para a entrada na União Europeia e uma ajuda financeira da US$ 6 bilhões - para que este controle o maior fluxo de imigrantes ao continente desde a Segunda Guerra.

"A Turquia é um parceiro chave, um país candidato. Nós re-energizamos nossa relação. Contatos são feitos em todos os níveis e as negociações continuam", disse Kocijancic.

Duas autoridades europeias disseram que Bruxelas não estava satisfeita com o desempenho de Harber, um sentimento que cresceu após ele atrair a ira de Ancara com comentários provocativos sobre o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o acordo de imigração.

"Ele se tornou uma persona non grata rapidamente", disse um deles. "Ele nunca conseguiu uma abertura real dentro do governo". Fonte: Associated Press.