22°
Máx
16°
Min

Erdogan pedirá extradição de clérigo em encontro com vice-presidente dos EUA

(Foto: Divulgação) - Erdogan pedirá extradição de clérigo em encontro com vice-presidente
(Foto: Divulgação)

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta quarta-feira que irá reiterar o pedido de extradição do clérigo Fethullah Gulen dos Estados Unidos em seu encontro com o vice-presidente norte-americano, Joe Biden, que está em Ancara.

Gulen, que vive no Estado da Pensilvânia, é acusado pelo governo turco de orquestrar o golpe militar fracassado do mês passado, que terminou com a morte de 270 pessoas e gerou um expurgo no governo e no setor privado do país de pessoas que poderiam ter ligações com os conspiradores. Ele nega as acusações.

Segundo Erdogan, ele dirá a Biden que os EUA não têm o direito de "dar evasivas". "Eles terão que entregá-lo."

Em uma carta aberta publicana no jornal turco Milliyet antes de sua chegada, o vice-presidente norte-americano afirmou que nem ele nem o presidente Barack Obama podem ordenar a extradição de Gulen, uma vez que a demanda precisa ser julgada pela Justiça local. Ela decidirá se existe evidência o suficiente para mandá-lo de volta à Turquia.

Ele também afirmou que os Estados Unidos receberam um pedido de extradição de Gulen contendo acusações anteriores ao golpe e sem qualquer evidência relacionada ao mesmo. Fonte: Associated Press.