27°
Máx
13°
Min

EUA dizem que China também tem responsabilidade sobre teste na Coreia do Norte

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ash Carter, disse que a China tem "grande responsabilidade" pelo último teste nuclear da Coreia do Norte e pediu para que Pequim usasse sua influência e reprimisse com vigor o comportamento de Pyongyang.

Carter disse que falou com o ministro da Defesa da Coreia do Sul, Han Min-koo, e concordou que a comunidade internacional vai redobrar a pressão sobre os norte-coreanos ao elaborar novas sanções através da Organização das Nações Unidas (ONU), em resposta ao último teste, que Carter descreveu como um ato "provocativo e desestabilizador".

Durante uma visita à Noruega, Carter disse à imprensa que "a China tem sua parcela de responsabilidade sobre esse acontecimento e tem uma importante responsabilidade em revertê-lo". "É importante que o país use sua localidade, sua história e sua influência para aumentar o processo de desnuclearização da Península Coreana".

O secretário ainda disse que os EUA aumentaram sua capacidade de detenção na Coreia do Sul e que as forças americanas no país estarão sempre prontas para lutar.

Ele afirmou que Washington embarcou em um plano para aumentar o número e a qualidade dos sistemas de defesa de mísseis em solo nos EUA, e acrescentou que os aliados do seu país na região - incluindo o Japão e a Coreia do Sul - estão sob proteção do "guarda-chuva nuclear americano". Fonte: Dow Jones Newswires.