24°
Máx
17°
Min

EUA e China fecham acordo sobre sanções contra Coreia do Norte, dizem diplomatas

Os Estados Unidos e a China fecharam um acordo sobre uma resolução da Organização das Nações Unidas que, segundo diplomatas, imporá novas sanções significativas contra a Coreia do Norte. As medidas são uma resposta aos recentes testes nucleares e com mísseis do país.

A embaixadora norte-americana Samantha Power apresentará um rascunho de resolução nesta quinta-feira ao Conselho de Segurança, órgão de 15 membros que tem o poder de impor as sanções. As negociações sobre o tema duraram quase seis semanas e desgastaram as relações entre Washington e Pequim.

Um integrante do Conselho de Segurança disse que as novas sanções são significativas e vão bem além das penalidades já impostas contra a Coreia do Norte. Diplomatas evitaram, porém, discutir detalhes, dizendo apenas que haverá a imposição de um bloqueio marítimo e que indivíduos podem ser alvo de sanções, bem como os intermediários do programa nuclear e também autoridades militares.

A nova resolução inclui vários elementos bem mais fortes e eficazes que em punições anteriores, segundo um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul. Não está claro ainda, porém, como isso pode impedir que o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, possa conseguir armas de destruição em massa, após fracassos anteriores nesse sentido da comunidade internacional. Também não está claro o quanto a China pode atuar no caso, já que o país é o principal parceiro comercial dos norte-coreanos. Fonte: Dow Jones Newswires.