22°
Máx
14°
Min

EUA negam mudança de posição sobre Assad na Síria

Washington, 25 (AE)- A administração do presidente Barack Obama reiterou que Bashar Assad não deveria governar mais a Síria e rejeitou o pedido da Rússia para que os Estados Unidos mudem sua posição em relação ao assunto.

A agência de notícias Interfax citou o vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, dizendo que Washington agora aceita o argumento dado por Moscou de que o futuro de Assad não deveria ser aberto a negociação neste momento.

Mas o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby, afirmou: "Qualquer sugestão de que tenhamos mudado nossa visão em relação ao futuro de Assad é falsa". E Kirby acrescentou: "Assad perdeu sua legitimidade para governar. Não mudamos nossa visão sobre isso."

O governo de Assad é apoiado pela Rússia e rebeldes financiados pelo Ocidente recentemente concluíram uma rodada das negociações de paz, devendo se reunir novamente no mês que vem. O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, visitou o presidente russo, Vladimir Putin, e outras autoridades nesta semana para traçar um plano de quais serão os próximos passos. Fonte: Associated Press.