22°
Máx
17°
Min

EUA pede a Turquia que interrompa ataques a curdos na Síria

O Pentágono fez um pedido para que a Turquia e grupos curdos aliados no combate ao Estado Islâmico na Síria parem de se atacar no norte do país.

Em um comunicado emitido nesta segunda-feira, o secretário de imprensa, Peter Cook, afirmou que as escaramuças entre as duas forças, que ocorrem ao sul da cidade de Jarablus, são "inaceitáveis" e fontes de "profunda preocupação".

Cook afirmou que os EUA não apoiam os ataques aéreos turcos e de artilharia aos rebeldes curdos na Síria, que são apoiados pelos norte-americanos, nem ataques deles a tropas turcas em áreas onde o Estado Islâmico não está mais presente.

Separadamente, a Cruz Vermelha Internacional afirmou hoje que 19 caminhões carregando ajuda humanitária entraram na cidade de Homs. Esta é apenas a segunda vez que ajuda humanitária pode chegar à cidade desde 2015.

Cerca de 35 mil pessoas se beneficiarão dos alimentos, material de higiene e medicamentos levados pela Cruz Vermelha. Fonte: Associated Press.