27°
Máx
13°
Min

Ex-assessor de Putin morreu por um trauma na cabeça, dizem autoridades dos EUA

(Foto: Presidência da Rússia) - Ex-assessor de Putin morreu por um trauma na cabeça, dizem autoridades dos EUA
(Foto: Presidência da Rússia)

Autoridades em Washington afirmaram que uma autópsia mostrou que trauma brusco na cabeça foi a causa da morte de um ex-assessor do presidente da Rússia, Vladimir Putin, cujo corpo foi encontrado em um hotel na capital dos EUA em novembro. O governo da Rússia informou que vinha pedindo informações sobre a investigação, mas não obteve sucesso.

O centro de exames médicos do Distrito de Colúmbia informou em comunicado que outras causas que contribuíram para a morte foram ferimentos no pescoço, no torso, nos braços e nas pernas. Hugh Carew, porta-voz da polícia local, disse que o modo exato da morte não foi determinado e que a polícia continua investigando o caso.

A imprensa russa havia relatado que Lesin sofreu um ataque cardíaco. Ele era um consultor de Putin que ajudou a fundar o serviço de notícias em língua inglesa Russia Today.

A porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou em sua conta no Facebook que a Embaixada Russa fez múltiplos pedidos de informação sobre a investigação e não recebeu material substancial. Fonte: Associated Press.