27°
Máx
13°
Min

Exército do Iêmen realiza ataques aéreos a posições da Al-Qaeda

Forças do Iêmen leais ao governo reconhecido internacionalmente realizaram ataques aéreos a posições da Al-Qaeda no sul do país, deixando 25 rebeldes mortos, informou um oficial do exército. Os ataques dão continuidade a uma campanha realizada pala coalizão liderada pela Arábia Saudita contra posições do grupo Al-Qaeda.

Tropas do exército entraram em confronto com rebeldes na cidade de Koud, na província de Abyan, no sul do Iêmen, segundo o governador da província, al-Khedr al-Seidy. Na cidade de Zinjibar, também no sul do país, um atentado suicida detonou uma bomba em um carro. O número de mortos ou feridos neste ataque não foi divulgado pelo exército.

A afiliada da Al-Qaeda que atua no Iêmen, considerada por Washington uma das ramificações mais perigosa do grupo, se aproveitou do conflito entre rebeldes xiitas e as forças do governo para expandir sua presença no país. Uma coalizão de países, liderada pela Arábia Saudita e apoiada pelos Estados Unidos, está dando suporte ao governo internacionalmente reconhecido e realiza ataques aéreos contra rebeldes xiitas, conhecidos como houthis, e seus aliados.

Os houthis controlam a capital iemenita, Sanaa, desde setembro de 2014, e o avanço do grupo sobre outras áreas do país fez com que a coalizão liderada pelos sauditas iniciasse uma guerra em março de 2015. Desde o início dos conflitos, cerca de 9 mil pessoas foram mortas, segundo levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU). Um terço dos mortos eram civis. Fonte: Associated Press.