27°
Máx
13°
Min

Exxon vai pagar US$ 12 milhões por vazamento de petróleo no rio Yellowstone

A petrolífera Shell irá pagar US$ 12 milhões por danos ambientais causados por um oleoduto que vazou 238 mil litros de petróleo no rio Yellowstone, em Montada.

O acordo encerra um processo que se iniciou em 2011, quando o vazamento atingiu o rio e prejudicou a fauna e a flora do famoso rio, matando peixes e outros animais. Foram necessários vários meses de limpeza para recuperar o local. A decisão ainda precisa ser aprovada pela corte.

Uma investigação do Departamento de Transportes concluiu que os trabalhadores da Exxon não alertaram que o oleoduto de 20 anos de idade tinha risco de romper.

"Todos os cidadãos de Montana perderam algo quando o vazamento aconteceu", afirmou o governador do Estado, Steve Bullock. "Este dinheiro irá fazer não apenas com que sejamos compensado, mas também que os pelicanos e os peixes voltem para onde eles pertencem."

Cerca de US$ 4,7 milhões serão utilizados para projetos de recuperação das margens e do canal. Outros US$ 3,5 milhões irão para projetos de recuperação da fauna.

A porta-voz da Exxon, Ashley Smith Alemayehu afirmou em comunicado que o acordo "é uma solução adequada para restaurar, reabilitar ou compensar os recursos naturais que sofreram com o incidente." Fonte: Associated Press.