21°
Máx
17°
Min

Facção dissidente do Taleban assume responsabilidade por atentado no Paquistão

Uma facção paquistanesa dissidente do grupo Taleban reivindicou a responsabilidade pelo atentado a um parque no leste do país que deixou pelo menos 60 mortas e outras 300 feridas. O ataque ocorreu neste domingo, na cidade de Lahore, capital da província de Punjab.

A facção, conhecida como Jamaat-ul-Ahrar, informou, por meio de seu porta-voz, Ahsanullah Ahsan, que o ataque suicida tinha como alvo a comunidade cristã da região. A explosão ocorreu perto de um brinquedo para crianças no parque Gulshan-e-Iqbal, disse o chefe de polícia local, Haider Ashraf.

Na área, havia muitos cristãos que celebravam a Páscoa. Além disso, várias famílias deixavam o parque no momento da explosão, de acordo com Ashraf. A autoridade do setor de segurança disse que o parque foi cercado por guardas e seguranças privados. "Nós estamos em uma situação de guerra e existe sempre uma ameaça geral, mas não havia sido recebido nenhum alerta de ameaça específico para esse local", acrescentou ele.

Imagens de emissoras paquistanesas mostraram cenas caóticas no parque, com pessoas correndo enquanto levavam crianças em meio aos feridos. Uma testemunha não identificada disse que caminhava com a família quando ouviu uma grande explosão, que levou ele, sua mulher e seus dois filhos para o chão. Fonte: Associated Press.