22°
Máx
14°
Min

FBI diz que investigou suspeito de terrorismo em NY há dois anos

O Escritório Nacional de Investigação (FBI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos investigou o suspeito de ataque com bombas em Nova York, Ahmad Khan Rahami, há dois anos e conclui que não havia nada de alarmante sobre o homem após seu pai ter expressado preocupação de que o filho pudesse ser um terrorista, de acordo com informações de autoridades americanas.

Durante o inquérito, o pai recuou de falar em terrorismo e afirmou aos investigadores que ele simplesmente quis dizer que seu filho estava saindo com a turma errada e agindo como um bandido, disseram os funcionários.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos apresentou acusações contra Ahmad Khan Rahami por várias de bombas deixadas pela cidade de Nova York durante o fim de semana. As autoridades disseram que o caderno manchado de sangue do suspeito indicou que ele estava irritado com o que ele percebeu como a guerra dos EUA contra os muçulmanos. Fonte: Associated Press.