23°
Máx
12°
Min

FBI não irá recomendar acusação criminal de Hillary por uso de email privado

O FBI não irá recomendar a acusação criminal da pré-candidata Hillary Clinton pelo uso de uma conta de email privativo quando foi secretária de Estado, afirmou hoje o seu diretor, James Comey.

O comunicado praticamente encerra o imbróglio legal sobre a questão, amplamente explorada por políticos republicanos contra a sua campanha pela Casa Branca. Na semana passada, a procuradora-geral Loretta Lynch afirmou que iria aceitar a recomendação do FBI sobre o caso.

Apesar de descartar a acusação, Comey criticou as ações de Hillary, afirmando que 100 emails enviados ou recebidos por ela durante o período tinham informações confidenciais. A senadora e seus subordinados foram "extremamente negligentes" e essas informações poderiam ter sido acessadas por grupos hostis aos Estados Unidos.

"Nenhuma acusação é apropriada neste caso", disse o diretor do FBI em seu anúncio. Fonte: Associated Press.