22°
Máx
14°
Min

França pede para que Reino Unido ajude a conter crise imigratória em Calais

O presidente da França, François Hollande, pediu às autoridades do Reino Unido "para fazerem a sua parte" na gestão da crise humanitária em Calais, uma vez que ele prometeu desmantelar um crescente acampamento de imigrantes do porto.

"Quero expressar minha determinação de ver as autoridades do Reino Unido fazerem a sua parte no esforço humanitário porque a França está fazendo aqui", disse Hollande em discurso nesta segunda-feira em Paris, sem especificar quais ações ele espera que o Reino Unido tome.

"Temos que desmantelar por completo e definitivamente o acampamento", disse Hollande. "Vamos ter que agir com métodos e determinação", acrescentou, observando que o processo será feito de forma humana. Ele não deu qualquer prazo para o desmantelamento.

"A selva", como o acampamento em Calais é conhecido, é o lar de 7 mil pessoas, de acordo com a polícia, embora os trabalhadores humanitários estimem que a população do acampamento esteja em torno de 10 mil.

Hollande disse que aos imigrantes será oferecido alojamento alternativo em centros em toda a França, onde eles serão encorajados a pedir asilo no país.

A França está se esforçando para lidar com um número crescente de imigrantes, a maioria dos quais têm tentado viajar para o Reino Unido. O maior acampamento em Calais é "A selva", mas campos menores estão surgindo em outros lugares na costa do canal inglês, assim como no centro de Paris.

O Reino Unido concordou em financiar cercas, paredes e câmeras de segurança para evitar que os imigrantes se infiltrem em balsas e no túnel que liga o continente ao Reino Unido. O presidente francês também insistiu que o Reino Unido deve continuar a honrar seus compromissos com a França, mesmo depois que sair da União Europeia. Fonte: Dow Jones Newswires.