22°
Máx
17°
Min

General iraquiano pede que militantes do Estado Islâmico se entreguem

Um general do exército iraquiano pediu para que militantes do Estado Islâmico que estão dentro de Mosul larguem suas armas e se entreguem, à medida que uma operação de grande escala ocorre para retomar a cidade, segunda maior do Iraque.

O general Talib Shaghati disse para repórteres em uma base militar que cerca de 6 mil soldados do Estado Islâmico ainda estão dentro de Mosul. Ele não informou quantos deles são estrangeiros. O Estado Islâmico conquistou Mosul em 2014.

As autoridades iraquianas e curdas estão montando um campo de refugiados com cerca de 5 mil tendas ao leste de Mosul, na preparação para receber um influxo de pessoas que devem fugir da operação para retomar a cidade.

O administrador do projeto, Prezzo Mikael, disse nesta quarta-feira que o campo está quase pronto, com água corrente, eletricidade e alimento.

A operação, lançada na segunda-feira, deve levar de semanas à meses. Mosul ainda é lar de mais de um milhão de civis.

As autoridades do Iraque pediram que as pessoas permaneçam em suas casas, mas também está preparando corredores humanitários para que elas fujam. Fonte: Associated Press.