22°
Máx
17°
Min

Governo da Bélgica estima que 200 belgas ainda estejam na Síria

Bruxelas, 21 (AE) - O governo da Bélgica informou que cerca de 200 belgas ainda estão em combate na Síria e pode retornar à Europa para realizar ataques terroristas.

"Há muitos combatentes belgas na Síria, cerca de 200 deles ainda estão lá", disse o ministro de Interior da Bélgica, Jan Jambon. "Sabemos que essas pessoas possivelmente retornarão", acrescentou antes de uma reunião com outros ministros europeus em Luxemburgo.

Os comentários de Jambon surgem um mês após os atentados na capital belga terem matado 32 pessoas e ferido mais de 300. Um dos ataques suicida foi cometido por Najim Laachraoui, cidadão belga que foi à Síria em 2013 e retornou sem ter sido detectado pelas autoridades.

"Nosso serviço de inteligência informa que temos que estar cientes que por causa da pressão maior na Síria, essas pessoas podem voltar para casa e nós temos que detectá-los", explicou o ministro. Segundo ele, o retorno de combatentes é uma "preocupação permanente para todo governo na Europa no momento."

Autoridades europeias estimam que cerca de 5 mil pessoas tenham deixado a Europa para se juntar às forças do Estado Islâmico na Síria e no Iraque. Promotores também estabeleceram relações entre os ataques na França e na Bélgica. Fonte: Dow Jones Newswires.