21°
Máx
17°
Min

Governo da Líbia apoiado pela ONU perde em voto de confiança no Parlamento

O governo de unidade da Líbia, que conta com reconhecimento internacional, perdeu hoje o voto de confiança do Parlamento do país, afirmou o porta-voz Abdullah Ablahig.

Dos 101 parlamentares, 61 votaram contra o governo e 39 se abstiveram, um resultado que prejudica fortemente os esforços internacionais de trazer unidade ao país do norte da África.

Ainda não se sabe o que acontece agora. Parte dos parlamentares afirmam que o voto deveria dissolver automaticamente o governo, outros descartam essa ideia. Segundo o parlamentar Abdel-Salam Nassiya, o gabinete deveria ser mudado para incluir maior representação por parte do leste do país, onde fica o Parlamento. O governo apoiado pela Organização das Nações Unidas (ONU), formado no ano passado, integra duas facções rivais baseadas em Trípoli, onde fica a capital.

A Líbia está imersa em um conflito desde a insurreição de 2011, que depôs e matou o ditador Muamar Kadafi. Desde então, o país se dividiu em dois governos e parlamentos rivais, cada um apoiado por uma miríade de milícias e tribos.

Em dezembro as Nações Unidas mediou um acordo com as facções rivais para criar um governo de unidade liderado por Fayez Serraj, que estava esperando o voto de confiança do Parlamento desde então.

O vácuo de poder e segurança transformou a Líbia em um grande canal por onde passam atividades como tráfico humano, além de contribuir para o surgimento de grupos extremistas como o Estado Islâmico. Fonte: Associated Press.