22°
Máx
16°
Min

Hillary Clinton discute igualdade salarial entre homens e mulheres

A pré-candidata do Partido Democrata para a presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, discutiu formas de elevar os salários, promover educação infantil e reduzir a diferença entre remuneração de homens e mulheres. Em um evento realizado em New Haven, no Estado de Connecticut, Hillary se encontrou com famílias da região e autoridades locais para discutir igualdade salarial. Hillary Clinton afirmou que "é quase constrangedor" discutir igualdade salarial entre homens e mulheres em 2016. Ela se encontrou com a deputada democrata Rosa DeLauro.

A candidata ouviu trabalhadores, que descreveram os desafios enfrentados por eles, como a busca por emprego, execução de hipotecas e baixos salários. Em resposta, ela afirmou que "já passou da hora de elevar o salário mínimo no país", atualmente em US$ 7,25 a hora, e disse que a nação deveria ajudar cidades e Estados como Nova York e Califórnia, "que estão dispostos a determinar um piso salarial mais alto". Fonte: Associated Press.