22°
Máx
14°
Min

Hillary diz que Trump construiu sua campanha em "preconceito e paranoia"

A candidata do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, acusou Donald Trump, candidato do Partido Republicano de ter "construído sua campanha em preconceito e paranoia" e está amplificando vozes radicais e com discursos de ódio.

"Ele está dando voz a grupos com discurso de ódio e ajudando uma onda radical a tomar conta do Partido Republicano", disse Hillary em um comício em Reno, Nevada. "Sua falta de respeito pelos valores que tornam nosso país grande é profundamente perigoso."

Ela quase o chamou de racista, mas o acusou de trazer para seus discurso comentários racistas, manter visões racistas de outros e espalhar "teorias obscuras e conspiratórias."

"Tudo isso se soma a algo que nós nunca vimos", Hillary declarou. "Claro que sempre existiu uma onda de paranoia em nossa política, muito advinda de um ressentimento racial. Mas nunca tivemos um candidato de um grande partido levando essas ideais, encorajando-as e dando a elas um megafone nacional. Até agora."

O discurso de Hillary o ligou diretamente a filosofia da "direita alternativa", que rejeita o conservadorismo tradicional, promove o nacionalismo e vê a imigração e o multiculturalismo como ameaças a identidade branca.

Trumpo declarou que acusar oponentes políticos de racismo é uma ação conhecida do Partido Democrata.

"Quando as políticas dos democratas falham, eles ficam apenas com esse argumento velho: vocês são racistas, vocês são racistas. Eles ficam repetindo", disse Trump em um comício em Manchester. "É um argumento velho e nojento. E totalmente previsível. Eles estão indo de mal a pior. É o último refúgio do político democrata sem crédito", afirmou Trump. Fonte: Dow Jones Newswires.