27°
Máx
13°
Min

Homem que tentou assassinar Reagan é liberado de hospital psiquiátrico

O homem que tentou assassinar o presidente Ronald Reagan foi liberado de um hospital psiquiátrico de Washington neste sábado, mais de 35 anos após o tiroteio. Uma porta-voz do Departamento de Saúde Mental do Distrito de Columbia disse que todos os doentes programados para sair do Hospital St. Elizabeth já tinham sido liberados. John Hinckley Jr. estava entre aqueles com alta prevista.

No final de julho, um juiz federal decidiu que Hinckley, atualmente com 61 anos, não é mais uma ameaça para si mesmo ou para o público e pode viver em tempo integral na casa de sua mãe, em Williamsburg.

Hinckley já tinha feito longas visitas a Williamsburg, se preparando para sua liberação. Ele terá de seguir diversas regras, mas seu advogado de longa data, Barry Levine, disse acreditar que Hinckley será "um cidadão sobre o qual todos nós podemos estar orgulhosos".

Fonte: Associated Press