28°
Máx
17°
Min

IIF: queda do petróleo permitiu avanço de reformas fiscais no Golfo Pérsico

A queda nos preços do petróleo pode ter um impacto positivo sobre as economias do Golfo Pérsico, disse o Instituto de Finanças Internacionais (IIF). "Os preços baixos do petróleo permitiram que governos avançassem com reformas fiscais e outras reformas que teriam sido tabu quando os preços estavam altos, o que ajudará a alcançar economias mais equilibradas", afirmou o economista-chefe para África e Oriente Médio do IIF, Garbis Iradian.

Ele acrescentou que a região está resistindo bem à queda nas receitas do petróleo, ainda que a perspectiva seja de desaceleração do crescimento econômico do Golfo para 2,2% em 2016, ante 3,1% no ano anterior. Iradian projeta que os déficits fiscais podem aumentar, mas que "devem ser administráveis", especialmente porque os sistemas bancários da região ainda estão bem posicionados para lidar com baixos preços do petróleo no curto prazo. Fonte: Dow Jones Newswires.