27°
Máx
13°
Min

Invocação do Artigo 50 acontecerá no início de 2017, diz Johnson

(Foto: Divulgação) - Invocação do Artigo 50 acontecerá no início de 2017, diz Johnson
(Foto: Divulgação)

O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou ontem esperar que o Artigo 50, que trata da saída formal do país da União Europeia, seja acionado nos primeiros meses do próximo ano, e que o processo deve durar menos de dois anos.

Em uma entrevista a uma rede de televisão britânica, o dirigente afirmou que o governo britânico estava em contato com outros países da região "na expectativa de que no início do ano que vem, teremos a carta do Artigo 50".

Londres tem sido cada vez mais pressionada por políticos e empresários a apressar a sua visão sobre qual relação país tentará manter com o bloco após a separação.

Em junho, eleitores britânicos encerraram um laço de 40 anos com o bloco em meio à frustrações sobre o crescimento da imigração no país e a desconfiança com o establishment político local e também o de Bruxelas.

A primeira-ministra Theresa May, que chegou ao cargo em julho após a renúncia de David Cameron, afirmou que não irá invocar o Artigo 50 este ano. Um porta-voz afirmou que a posição de May sobre o assunto não mudou. "Não iremos acioná-lo antes do fim de 2016 e estamos usando esse tempo para nos prepararmos para as negociações." Fonte: Dow Jones Newswires.