22°
Máx
14°
Min

Itália: número de mortes sobe para 284 e autoridades participam de funeral

(Foto: Vigili del Fuoco) - Itália: número de mortes sobe para 284
(Foto: Vigili del Fuoco)

Autoridades italianas disseram que o número de mortos no terremoto de quarta-feira subiu para 284 pessoas, depois que equipes de resgate retiraram mais três pessoas dos escombros desde a noite de ontem.

Um terremoto de 6.2 de magnitude atingiu o centro da Itália na quarta-feira, destruindo várias cidades de montanha e ferindo centenas de pessoas.

Na manhã deste sábado, teve início um funeral de Estado na cidade de Ascoli Piceno para dezenas de vítimas. A missa era celebrada pelo bispo Dom Giovanni D'Ercole em um ginásio comunitário onde 35 caixões foram colocados. O bispo instou os enlutados, que choraram e se abraçaram, a encontrar coragem para reconstruir suas casas e comunidades.

O acesso às cidades afetadas pelo terremoto foi limitado devido à devastação, forçando autoridades a realizar os serviços fúnebres em outros lugares.

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, e o premiê do país, Matteo Renzi, assistem ao funeral. Mais cedo, Mattarella chegou de helicóptero em Amatrice, uma cidade de colina que foi destruída pelo terremoto e que sofreu o maior número de mortes. Ele agradeceu aos trabalhadores humanitários que trabalhavam no local e em outras cidades atingidas desde as primeiras horas de quarta-feira em busca de sobreviventes.

O trabalho de busca e resgate tem sido dificultado por centenas de tremores secundários, que continuam a ocorrer na mesma área, deslocando os escombros e colocando em risco as equipes. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.