21°
Máx
17°
Min

Japão deve cortar estimativa para crescimento do ano fiscal de 2016

(Foto: Divulgação) - Japão deve cortar estimativa para crescimento do ano fiscal de 2016
(Foto: Divulgação)

O governo japonês está preparado para cortar drasticamente sua perspectiva de crescimento para este ano, depois de levar em consideração suas mudanças na política de impostos sobre as vendas e uma perspectiva da economia global obscurecida pelo Brexit, de acordo com fontes familiarizadas ao assunto.

A administração do primeiro-ministro, Shinzo Abe, planeja reduzir sua estimativa de crescimento ajustado pelo preço para o ano que se encerra em março do ano que vem para 0,9%, em uma nova projeção a ser revelada nesta quarta-feira, segundo as fontes. Os números anteriores foram divulgados em janeiro.

A revisão se deve, em parte, à decisão anunciada em junho de adiar um aumento dos impostos sobre as vendas para 2019. Autoridades presumiram que os consumidores comprariam bens e serviços de forma agressiva antes de os itens ficarem mais caros com a tributação maior.

Outra razão para o corte na estimativa de crescimento é a incerteza do mercado global após a recente decisão dos britânicos de se separarem da União Europeia, e o impacto na economia japonesa.

A Administração de Abe deve revelar sua estimativa de crescimento para ano seguinte em +1,25%, ainda segundo a fonte. Fonte: Dow Jones Newswires.