27°
Máx
13°
Min

Juiz Antonin Scalia, da Suprema Corte, morreu de "causas naturais" nos EUA


O magistrado Antonin Scalia, membro da Suprema Corte dos Estados Unidos, morreu de causas naturais e não foi necessário realizar uma autópsia, disse uma juíza à agência Associated Press. A família de Scalia não avaliou que seria necessária uma autópsia privada e requisitou que o corpo do jurista de 79 anos retornasse a Washington o mais rápido possível, disse Chris Lujan, gerente da Sunset Funeral Homes em Texas. O corpo foi levado à Virgínia no fim do domingo.

A magistrada Cinderela Guevara, do condado de Presidio, no Texas, disse no domingo que ela consultou o médico pessoal de Scalia e investigadores, segundo os quais não havia sinais de anormalidade, antes de concluir que a morte havia sido por causas naturais. Scalia foi encontrado morto em seu quarto em um resort no Texas, na manhã de sábado.

Em Washington, as bandeiras estavam a meio mastro na Casa Branca e na Suprema Corte. Ao mesmo tempo, já se discute sobre como poderia ser o processo de sucessão do magistrado. A maioria republicana no Senado disse que um presidente do Partido Democrata, em seu último ano do mandato, não pode indicar um nome para um cargo vitalício. Já o presidente Barack Obama declarou que pretende usar seu direito constitucional de indicar um sucessor.

Um conservador, Scalia foi membro da Suprema Corte por três décadas. Obama disse que a nomeação do sucessor será feita "no devido tempo", enquanto o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, argumenta que seria melhor esperar o próximo presidente. O Senado dos EUA tem o poder para aprovar ou barrar o nome indicado pelo presidente para a Suprem a Corte. Fonte: Associated Press.