22°
Máx
16°
Min

Justiça espanhola manda deter russos ligados a Putin para investigação

(Foto: Presidência da Rússia) - Justiça espanhola manda deter russos ligados a Putin para investigação
(Foto: Presidência da Rússia)

A Justiça da Espanha mandou deter dois oficiais russos com ligações junto ao Kremlin para que sejam questionados sobre suspeitas de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Um juiz da Corte federal, cujo nome não foi revelado, mandou emitir um mandado de prisão internacional contra Nikolai Aulov, diretor adjunto da agência de controle de narcóticos da Rússia, e Vladislav Reznik, vice-presidente do comitê de mercados financeiros da Câmara russa. Os dois são vistos como aliados do presidente russo, Vladimir Putin.

Eles estão entre os 15 suspeitos investigados em um caso de suposta atividade da máfia russa na Espanha, de acordo com documentos divulgados pela Justiça nesta semana. O Tribunal informou que a localização dessas pessoas não é conhecida. Fonte: Associated Press