27°
Máx
13°
Min

Kuczynski tem leve vantagem sobre Keiko em apuração eleitoral no Peru

O economista Pedro Pablo Kuczynski aparece à frente na apuração do segundo turno da disputa presidencial no Peru, mas a disputa ainda é apertada, segundo o balanço oficial mais recente. De acordo com o site do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE, na sigla em espanhol), Kuczynski aparece com 50,52% dos votos válidos, ante 49,47% da candidata Keiko Fujimori, com 89,53% das atas processadas e 88,02% delas contabilizadas.

O segundo turno ocorreu no domingo e as pesquisas mostravam empate técnico entre os dois candidatos. Keiko Fujimori aparecia à frente em sondagens anteriores, mas Kuczynski, conhecido como PPK, ganhou fôlego nos últimos dias. Keiko é bastante popular no país, mas também enfrenta forte rejeição, por ser filha do ex-presidente Alberto Fujimori, que ficou no poder entre 1990 e 2000, mas hoje em dia cumpre pena, aos 77 anos, por crimes contra a humanidade e corrupção em seu governo.

Na economia, os dois candidatos são vistos como de centro-direita. Kuczynski, de 77 anos, foi ministro de Minas e Energia e das Finanças e trabalhou no Banco Mundial, enquanto Keiko ocupou durante parte do governo do pai o posto de primeira-dama e foi deputada no país.