20°
Máx
14°
Min

Líderes políticos reagem à morte da ex-primeira-dama dos EUA Nancy Reagan

(Foto: Divulgação)  - Líderes políticos reagem à morte da ex-primeira-dama dos EUA Nancy Reagan
(Foto: Divulgação)

Líderes políticos dos Estados Unidos reagiram à morte da ex-primeira-dama norte-americana Nancy Reagan. Ela faleceu em casa, aos 94 anos, de insuficiência cardíaca.

O ex-governador de Massachusetts e ex-candidato à presidência pelo Partido Republicano Mitt Romney afirmou que Nancy e o ex-presidente Ronald Reagan "lembraram-nos da grandeza e da resistência da experiência americana". "Alguns subestimam a influência das primeiras-damas, mas essas mulheres moldaram a política", acrescentou.

Ao longo de seu tempo na Casa Branca entre 1981 e 1989, Nancy Reagan ganhou a fama de exercer influência nos bastidores, mas sempre declarou que sua única missão era apoiar o marido, a quem chamava de "Ronnie". A essa missão, ela se devotou até a morte de Ronald Reagan em 2004, acometido pela doença de Alzheimer.

O presidente norte-americano Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama escreveram em nota que Nancy Reagan "redefiniu" o papel da primeira-dama durante sua passagem pela Casa Branca. "Mais tarde, em seu longo adeus com o presidente Reagan, ela se tornou uma voz em defesa de milhões de famílias que enfrentam a realidade do Alzheimer", acrescentaram.

O ator e ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger afirmou que Nancy Reagan era uma de suas heroínas. "Sentiremos sua falta", completou.

A devoção de Nancy Reagan ao marido foi lembrada pela também ex-primeira-dama Barbara Bush, que declarou que traz conforto pensar que o casal seria "reunido novamente".

Rivais na disputa pela indicação republicana para as eleições presidenciais, Donald Trump, Ted Cruz e Marco Rubio também comentaram a morte da ex-primeira-dama. "Ela será lembrada por sua grande paixão por esta nação e amor por seu marido", disse Cruz. "Esposa de um presidente verdadeiramente grandioso, uma mulher incrível", afirmou Trump. "Exemplo de integridade e graça", disse Rubio. Fonte: Associated Press.