21°
Máx
17°
Min

Mais dois suspeitos são acusados de ataques em Bruxelas

Autoridades belgas anunciaram que mais dois homens foram acusados de envolvimento nos ataques terroristas em Bruxelas. A promotoria federal informou que os suspeitos, identificados apenas como Smail F. e Ibrahim F., ajudaram no aluguel de um apartamento na área de Etterbeek, na capital da Bélgica, que serviu como esconderijo para o homem que explodiu uma bomba no metrô da cidade e para um possível cúmplice.

Dezesseis vítimas morreram naquele ataque, em 22 de março, mesmo dia em que outros dois homens-bomba também mataram 16 pessoas no aeroporto de Bruxelas.

Um magistrado investigador ordenou que Smail F., nascido em 1984, e Ibrahim F., nascido em 1988, sejam acusados de participação em atividades de um grupo terrorista, assassinato terrorista e tentativa de assassinato terrorista como perpetradores, coperpetradores ou cúmplices.

Os promotores não puderam ser contactados para comentar o caso, mas a rede estatal belga RTBF, citando informações de fontes, afirmou que os dois suspeitos são irmãos e que o mais velho havia alugado o apartamento na Rue des Casernes, enquanto o mais novo ajudou a esvaziá-lo e limpá-lo após os ataques.

A polícia belga fez buscas no apartamento no domingo, mas não encontrou armas ou explosivos. O comunicado dos promotores afirma que a investigação "prossegue ativamente dia e noite". Fonte: Associated Press.