22°
Máx
14°
Min

Mariano Rajoy age para formar governo da Espanha

O primeiro-ministro em exercício da Espanha, Mariano Rajoy, tomou uma medida formal para encerrar sete meses de incerteza política no país, mas as suas projeções para formar um governo permanecem no ar.

Rajoy disse nesta quinta-feira que aceitou a ordem do Rei Felipe VI para buscar um voto de confiança do parlamento para liderar o governo.

"Eu expliquei para ele que eu não tenho o apoio necessário para isso, mas eu aceito a tarefa", afirmou Rajoy para jornalistas em Madri. A constituição da Espanha dá ao Rei a tarefa de coordenar a formação de um governo.

Os eleitores escolheram um parlamento dividido em 20 de dezembro e outro em 26 de junho. O Partido Popular, do conservador Rajoy, que lidera o governo desde 2011, ganhou o maior número de cadeiras nas duas eleições, mas não conseguiram obter maioria. As negociações entre o Partido Popular e os três principais partidos de oposição se arrastam sem solução clara para o impasse. A maioria dos nove partidos da oposição que ganharam assentos afirmaram nesta semana que não apoiarão um novo mandato de Rajoy.

"A Espanha precisa de um governo agora", disse Rajoy. "Eu farei todo o possível, mas não depende apenas de mim", afirmou.

Sem um governo em total funcionamento, a Espanha fica impossibilitada de aprovar o orçamento do ano que vem, e Rajoy disse que até 15 de outubro deve reportar para a Comissão Europeia como o governo vai lidar com um déficit orçamentário que já excede o limite da União Europeia (UE).Fonte: Dow Jones Newswires.