27°
Máx
13°
Min

Mesmo com vitórias de Sanders, Hillary mantém vantagem considerável nos EUA

Washington, 27 (AE) - O senador democrata Bernie Sanders venceu as primárias em três Estados neste fim de semana. Mesmo com as vitórias no sábado no Havaí, no Alasca e em Washington, porém, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton mantém uma margem considerável ante o rival pela indicação do Partido Democrata à disputa pela Casa Branca.

De agora em diante, Sanders precisa obter até junho 67% dos delegados restantes e também dos chamados superdelegados que ainda não declararam apoio a nenhum dos pré-candidatos na disputa democrata. Até agora, o senador conseguiu garantir apenas 37% dos delegados já definidos.

No total das disputas do sábado, Sanders obteve 55 delegados com as três vitórias. Hillary, porém, obteve 20 delegados. A atribuição dos delegados nas disputas de primárias democratas é proporcional aos votos obtidos pelos pré-candidatos.

Mais delegados devem ser alocados para Sanders em várias semanas, quando o Partido Democrata no Estado de Washington divulgará os votos por distrito eleitoral. Ainda assim, a vantagem da ex-primeira-dama continuará grande.

Calculando-se as primárias realizadas até agora, Hillary conseguiu 1.243 delegados, contra 975 de Sanders. A vantagem dela é ainda maior entre os superdelegados, membros do partido que definem em quem votar sem levar em conta a votação popular. Com os votos desse grupo, Hillary já garante 1.712 votos no total, ante 1.004 de Sanders. É necessário obter 2.383 votos para obter a nomeação democrata para a disputa pela presidência dos Estados Unidos. Fonte: Associated Press.