24°
Máx
17°
Min

Moderados do Irã obtêm mais de 30 assentos adicionais no Parlamento

O bloco moderado reformista do Irã garantiu mais de 30 assentos adicionais no segundo turno das eleições parlamentares, conforme noticiado em um canal de televisão estatal.

A TV estatal também explicou, nesta manhã de sábado, que os vencedores de 60 dos 68 assentos restantes foram contestados. Entre eles, há 32 candidatos moderados reformistas. O restante está dividido entre linhas-duras e candidatos independentes.

O bloco moderado reformista, que apoia o presidente Hassan Rohani e um acordo nuclear fechado entre o país e potências mundiais no verão passado, terá de obter os assentos restantes não previstos, a fim de garantir uma maioria absoluta na legislatura composta por 290 lugares.

Os resultados finais devem ser divulgados mais tarde, ainda neste sábado.

Até agora, o bloco moderado reformista obteve a maior fatia do parlamento de 290 lugares, com pelo menos 130 assentos, seguido pelo grupo dos linhas-duras com menos de 90 assentos. Os independentes obtiveram cerca de 60 lugares.

O chefe do bloco moderado reformista, Mohammad Reza Aref, disse anteriormente, em abril, que eles precisavam de 40 assentos no segundo turno para garantir uma maioria.

Se o bloco não conseguir atingir a maioria, terá de convencer alguns dos parlamentares independentes na aprovação de leis. A postura desses deputados independentes varia conforme o assunto.

A incapacidade de alcançar uma maioria também pode complicar os esforços do bloco para nomear o presidente do parlamento de sua escolha. Quem ocupa esse cargo normalmente desempenha um papel relevante na aprovação ou na rejeição de contas, bem como integra vários conselhos importantes na tomada de decisões, incluindo o Conselho Supremo de Segurança Nacional.