23°
Máx
12°
Min

No Iraque, mais ataques com bombas elevam a 93 o número de mortos em Bagdá

Três atentados com carros-bomba na capital do Iraque mataram pelo menos 93 pessoas e feriram pelo menos 165 nesta quarta-feira. O Estado Islâmico reivindicou a autoria dos ataques.

No maior dos atentados, um carro-bomba foi detonado no bairro de maioria xiita de Cidade Sadr, matando pelo menos 63 pessoas e ferindo pelo menos 85. Com as ações, o Estado Islâmico, que perdeu território nos últimos meses, volta a mostrar capacidade de causar estragos pelo país.

A polícia do Iraque e autoridades hospitalares afirmaram que outros ataques com bombas em Bagdá ocorreram nesta quarta-feira. Um dos atentados teve como alvo uma delegacia policial no bairro de Kadhimiyah, a noroeste de Bagdá, e matou 18 pessoas, entre elas cinco policiais, com 34 feridos. Outra ação ocorreu no bairro de Jamiya, no norte da capital, e matou 12 pessoas, com 46 feridos.

As fontes pediram anonimato, por não terem autorização para falar com a imprensa. Para autoridades, os ataques são uma tentativa do Estado Islâmico de tirar o foco das derrotas do grupo extremista nos campos de batalha.

A Organização das Nações Unidas afirmou que pelo menos 741 iraquianos foram mortos em abril na violência no país. Fonte: Associated Press.