21°
Máx
17°
Min

Nos EUA, Sanders vence também no Havaí e busca reagir na disputa com Hillary

Washington, 27 (AE) - O senador democrata Bernie Sanders venceu o caucus no Havaí no sábado, após investir em anúncios na TV nesse Estado. De acordo com a Associated Press, com 88% dos votos apurados, o senador por Vermont vencia a rival Hillary Clinton por 70,6% a 29,2%. Também no sábado, Sanders já havia garantido vitórias no Alasca e em Washington.

Diante da distância do restante do país, uma viagem ao Havaí é algo difícil na agenda dos pré-candidatos nos Estados Unidos. Nem Hillary nem Sanders viajaram ao local antes do caucus.

Sanders, porém, investiu em anúncios, apresentando-se aos eleitores do Estado e também mostrando que tinha o apoio da deputada Tulsi Gabbard, representante do Havaí na Câmara dos Representantes. Em fevereiro, Tulsi disse que renunciava a seu posto de vice-presidente do Comitê Nacional Democrata para poder fazer campanha para Sanders.

O Havaí concede apenas 25 delegados para as convenções nacionais do Partido Republicano. Sanders conseguiu, porém, vencer no sábado também nos Estados de Washington e no Alasca, um passo importante no momento em que ele busca se mostrar ainda como um candidato viável na disputa com a ex-secretária de Estado. Ainda assim, Hillary segue à frente na corrida pela indicação à Casa Branca.

Em Washington, Sanders falou a dezenas de milhares de democratas, antes do caucus.

O senador venceu também em Idaho e Utah em 22 de março, em uma mostra de sua força em Estados com pequenas populações hispânicas ou negras. Pelas regras do Partido Democrata, os delegados são distribuídos proporcionalmente ao resultado das primárias. Com isso, Sanders precisa, para alcançar a rival, não apenas ganhar por margens pequenas, mas sim com vantagem considerável, para superar Hillary. Fonte: Dow Jones Newswires.