24°
Máx
17°
Min

Nos EUA, Trump nomeia grupo de assessores hispânicos para campanha presidencial

(Foto: Divulgação) - Trump nomeia grupo de assessores hispânicos para campanha
(Foto: Divulgação)

Nova York, 20 (AE) - O candidato republicano à presidência Donald Trump nomeou um grupo de políticos e líderes religiosos hispânicos como assessores de sua campanha eleitoral, anunciou neste sábado o Comitê Nacional Republicano. O grupo, chamado Conselho Assessor Nacional Hispânico para Trump, aconselhará o candidato e dará a conhecer "as propostas de Trump para a comunidade hispânica".

O anúncio do Conselho parece uma tentativa do candidato de atrair o voto hispânico, depois de muitos membros da comunidade latina criticarem o republicano duramente por ter dito que entre os imigrantes mexicanos há estupradores e delinquentes que levam drogas aos Estados Unidos. Um dos pilares da campanha do candidato é a proposta de criar um muro na fronteira entre os EUA e o México para frear a imigração ilegal.

Entre os membros do grupo assessor está o senador estadual Ralph Alvarado, de Kentucky, a deputada estadual Clarice Navarro, de Colorado, e os pastores Mario Bramnick e Alberto Delgado, da Flórida. Alvarado é o primeiro hispânico a ser eleito para o Senado estadual do Kentucky.

O presidente do Comitê Nacional Republicano, Reince Priebus, disse em comunicado neste sábado que a participação dos membros do grupo "é só um componente a mais de nossos esforços crescentes para nos relacionar com a comunidade hispânica". Priebus disse que as contribuições da equipe ajudarão na disputa pelos votos desse grupo da população.

Os membros do conselho devem se reunir neste sábado com Trump em Nova York, em um encontro a portas fechadas.

As críticas contra Trump por parte da comunidade hispânica se intensificaram após o candidato desacreditar em junho um juiz federal de origem mexicana. Trump disse que o magistrado Gonzalo Curiel não é imparcial em uma demanda que instrui, apresentada por ex-alunos da Universidade Trump contra o empresário. Trump disse que Curiel não é imparcial porque seus pais nasceram no México e o candidato defende a construção de um muro na fronteira com esse país.

O candidato oposicionista deve realizar um discurso sobre imigração na semana que vem.

Os membros do conselho anunciado são de alguns dos Estados cruciais na disputa pela Casa Branca, como Flórida e Colorado. Nessas áreas, há muitos hispânicos que podem ajudar a decidir a disputa. Os deputados estaduais José Félix Díaz e Carlos Trujillo, ambos da Flórida, também formarão parte do grupo. Outros assessores hispânicos são de Michigan, Nevada, Montana e Texas. Fonte: Associated Press.