23°
Máx
12°
Min

Obama adverte contra o "falso conforto" do isolacionismo nos EUA e defende Otan

(Foto: Pete Souza/Official White House Photo) - Obama adverte contra o "falso conforto" do isolacionismo nos EUA e defende Otan
(Foto: Pete Souza/Official White House Photo)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quinta-feira que os norte-americanos não podem ser tentados a se retirar dos conflitos mundiais, mas devem pressionar seus líderes para que se engajem em ações com os aliados. Obama disse que o isolacionismo oferece um "falso conforto", durante um discurso a cadetes na Academia da Força Aérea dos EUA em Colorado.

Pela tradição, o presidente faz o discurso de formatura em uma das quatro academias de formação de militares do país uma vez por ano. Ele disse que os ataques de Pearl Harbor, de 11 de Setembro e atentados terroristas recentes nos EUA comprovam que "oceanos não podem nos proteger", diante dos riscos globais.

Obama usou ainda seu discurso para pedir ao Senado que ratifique tratados que, segundo ele, permitirá que os EUA tenham uma postura de liderança frente a seus aliados. Ele mencionou especificamente o valor da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A lembrança da Otan foi também uma crítica indireta ao pré-candidato presidencial republicano Donald Trump, que sugeriu que a Otan é uma aliança fora de moda. Fonte: Associated Press.