26°
Máx
19°
Min

Obama pede permanência do R.Unido na UE e enfurece defensores do "Brexit"

(Foto: Pete Souza/Official White House Photo) - Obama pede permanência do R.Unido na UE e enfurece defensores do "Brexit"
(Foto: Pete Souza/Official White House Photo)

Defensores da saída do Reino Unido da União Europeia reagiram furiosamente ao pedido do presidente dos EUA, Barack Obama, para que os britânicos escolham permanecer no bloco. Em um artigo publicado no jornal Daily Telegraph, Obama defendeu a permanência e afirmou que a UE "realça a liderança global do Reino Unido".

Nigel Farage, líder do Partido da Independência do Reino Unido, conhecido como UKIP, afirmou que Obama - que deve se encontrar com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, mais tarde - deveria "ficar quieto".

O prefeito de Londres, Boris Johnson, líder da campanha pela saída do país da UE, disse que os norte-americanos "nunca aceitariam algo como a UE para eles". Em artigo no The Sun, Johnson afirmou que a postura de Obama "é um exemplo de tirar o fôlego do princípio do faça o que eu digo e não o que eu faço".

Johnson também destacou que um busto do ex-premiê britânico Winston Churchill foi retirado do Salão Oval da Casa Branca depois que Obama foi eleito e devolvido à Embaixada britânica. A Casa Branca diz que essa história é inverídica e que o busto ainda está em um local proeminente na residência presidencial.

Os comentários de Johnson, por sua vez, geraram críticas de seus oponentes políticos. O ex-líder do Partido Liberal Democrata Menzies Campbell disse que "muitas pessoas acharão o ataque de Boris Johnson à sinceridade do presidente Obama profundamente ofensivo". Fonte: Associated Press.