22°
Máx
16°
Min

Obama se reunirá autoridades para discutir economia

O presidente Barack Obama receberá na segunda-feira importantes autoridades para discutir a implementação de regras de estabilidade financeira e proteção ao consumidor no pós-crise, informou a Casa Branca. Mas novas políticas não devem ser anunciadas, esclareceu uma pessoa familiarizada com o assunto.

Obama tenta manter tal reunião uma vez ao ano desde que o ato financeiro Dodd-Frank foi aprovado, em 2010, acrescentou a fonte. Este será o quarto encontro. O anterior ocorreu em outubro de 2014.

Entre as autoridades que provavelmente marcarão presença estão Janet Yellen, presidente do Federal Reserve, Mary Jo White, presidente da Securities and Exchange Commission (a Comissão de Valores Imobiliários dos EUA), Richard Cordray, diretor do Escritório de Proteção Financeira ao Consumidor.

O presidente norte-americano deve encorajar o grupo a tentar concluir alguns dos elementos inacabados da legislação Dodd-Frank, principalmente as várias regras que impõem novos limites à compensação de executivos.

"Nós obviamente respeitamos muito o papel independente que esses reguladores têm que desempenhar", disse o secretário de imprensa da Casa Branca, Josh Earnest, a repórteres na sexta-feira. "Mas vale manter uma linha aberta de comunicação entre a Casa Branca e esses reguladores por meio de compromissos periódicos como esse", completou.

A reunião surge antes de grandes anúncios esperados por autoridades reguladoras acerca de decisões para reforçar a estabilidade financeira e criar novas medidas para proteger o consumidor. Algumas das decisões esperadas têm sido contestadas pelo setor, que alega que elas podem produzir efeitos contrários aos desejados, minando o sistema financeiro em vez de fortalecê-lo.

Separadamente, a Casa Branca informou que proclamou o período de 6 a 12 de março como a "Semana Nacional de Proteção ao Consumidor". Fonte: Dow Jones Newswires.