23°
Máx
12°
Min

OMS confirma três casos do vírus zika em Guiné Bissau e inicia investigação

- OMS confirma três casos do vírus zika em Guiné Bissau

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta segunda-feira que as autoridades nacionais estão investigando se três casos do vírus zika descobertos na Guiné Bissau são do mesmo tipo do vírus encontrado no Brasil que levou ao nascimento de inúmeros bebês com microcefalia e em outros lugares.

Três das 12 amostras enviadas para um laboratório de referência no Senegal detectou a presença do vírus zika, mas não foi possível determinar qualquer ligação com o surto do vírus detectado "nas Américas e no Pacífico ocidental", disse o porta-voz da Organização Mundial da Saúde, Christian Lindmeier.

A agência tem estado em contacto com o governo da Guiné-Bissau e tem advertido que qualquer país onde o vírus zika é disseminado através do mosquito Aedes Aegypti pode ter o risco de se espalhar rapidamente.

O caso mais recente de identificação do mesmo tipo de vírus foi encontrado em Cabo Verde, um arquipélago da África e uma ex-colônia Português, assim como a Guiné Bissau.

Sessenta e um países e territórios relataram continuar com a transmissão do vírus através do mosquito, disse a OMS disse em seu último relatório sobre a situação liberado na última quinta-feira.