24°
Máx
17°
Min

OMS defende testes com mosquitos geneticamente modificados para acabar com zika

A Organização Mundial de Saúde (OMS) disse nesta terça-feira que pode ser necessário utilizar métodos controversos como mosquitos geneticamente modificados para acabar com a disseminação do vírus zika.

Em um comunicado, a OMS disse que seu grupo consultivo recomendou uma maior pesquisa de campo sobre mosquitos geneticamente modificados, na sequência de testes feitos nas ilhas Cayman onde mosquitos estéreis foram liberados para acasalar com as fêmeas.

Os ambientalistas anteriormente criticaram esta abordagem, dizendo que é impossível saber os efeitos a longo prazo de aniquilar a população inteira de um inseto. Fonte: Associated Press