28°
Máx
17°
Min

ONU pede libertação de funcionários detidos

Washington, 25 (AE) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, fez um apelo para que todos os funcionários da organização que estão desaparecidos e/ou detidos sejam libertados. Ele pediu, ainda, que os responsáveis pelo morte de uma autoridade do Programa de Desenvolvimento da ONU, no Iraque, e outros sejam trazidos à justiça.

Apenas na Síria, a ONU estima que 35 funcionários estejam desaparecidos ou presos, sendo a maioria deles membros da agência para refugiados palestinos.

Em mensagem marchando o Dia Internacional da Solidariedade aos Detidos e Desaparecidos, Ban Ki-mooon disse que estados membros estão detendo cinco funcionários da ONU "sem qualquer justificativa para a prisão".

"Funcionários, especialmente aqueles destacados para condições perigosas, merecem proteção total e direitos", informou o secretário-geral da ONU. "Eu peço para que todas as partes respeitem os direitos, privilégios e imunidades do pessoal da ONU." Fonte: Associated Press.