21°
Máx
17°
Min

Oposição venezuelana completa primeira fase para referendo revogatório

A oposição do governo da Venezuela completou a primeira fase do processo para ativar o referendo revogatório do mandato do presidente Nicolás Maduro, com a validação das assinaturas coletadas por parte da autoridade eleitoral.

A validação de mais de 1% das assinaturas necessárias para avançar para a próxima fase abriu uma nova esperança à oposição para revogar o mandato de Maduro, em um processo que o oficialismo acredita que pode deter ou ao menos evitar que ocorra neste ano, apesar dos baixos níveis de popularidade do presidente e uma crise econômica que afeta amplos setores da população.

A presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Tibisay Lucena, disse que foram validadas 407.622 rubricas, mais que o dobro do necessário, e deu um passo a uma nova fase para coletar agora o equivalente a 20% das assinaturas de eleitores.

Se o referendo acontecer em 2016, com uma maioria contra Maduro, o presidente não apenas deixará o cargo, mas serão convocadas novas eleições e a oposição terá uma chance de chegar ao poder.

Mas se o processo for feito até 2017, os últimos dois anos do atual mandato presidencial será preenchido pelo vice-presidente, conforme estabelecido pela constituição.

Uma vez realizado o referendo, a oposição tem de superar o número de votos obtidos por maduro em 2013, ou seja, pouco mais de 7,5 milhões. Fonte: Associated Press.