24°
Máx
17°
Min

Osborne descarta concorrer à sucessão de Cameron no Reino Unido

(Foto: Divulgação) - Osborne descarta concorrer à sucessão de Cameron no Reino Unido
(Foto: Divulgação)

O ministro de Finanças do Reino Unido, George Osborne, descartou a possibilidade de concorrer à sucessão do primeiro-ministro David Cameron, que na semana passada anunciou planos de renunciar após os britânicos votarem pela saída do país da União Europeia.

Osborne afirmou que prefere se concentrar na tarefa de estabilizar a economia britânica, depois da vitória do chamado "Brexit".

A decisão marca uma reviravolta para um dos aliados mais poderosos de Cameron, que antes era visto como um sucessor natural do atual premiê.

Em artigo publicado no jornal The Times, Osborne disse que o resultado do plebiscito britânico não foi o que ele esperava e que não será candidato na eleição para a liderança do Partido Conservador. Na última quinta-feira, 51,5% do eleitorado britânico votou pelo Brexit, levando Cameron, que havia feito campanha pela permanência na UE, a declarar sua intenção de renunciar. A expectativa é que um novo líder seja definido até outubro.

"Embora eu aceite totalmente o resultado, não sou a pessoa que garante a unidade que meu partido precisa nesse momento", escreveu Osborne no artigo. "Farei tudo que posso para ajudar o novo primeiro-ministro a unir nosso partido e a enfrentar os desafios do país", acrescentou.

Os favoritos na disputa pela liderança dos conservadores incluem a ministra do Interior britânica, Theresa May, e o ex-prefeito de Londres Boris Johnson, que fez campanha pelo Brexit. Fonte: Dow Jones Newswires.