21°
Máx
17°
Min

Padre e dois suspeitos são mortos durante ataque contra igreja na França

(Foto: Divulgação) - Padre e dois suspeitos são mortos durante ataque na França
(Foto: Divulgação)

Dois homens armados com facas invadiram uma igreja no norte da França, mataram um padre e feriram gravemente mais uma pessoa, antes de serem mortos pela polícia. Autoridades disseram que tratam o caso como um ataque terrorista. O ferido estava "entre a vida e a morte", segundo um porta-voz do Ministério do Interior.

A dupla tomou cinco reféns, entre eles o padre, na igreja localizada na pequena cidade de Saint Etienne du Rouvray, na região da Normandia. O padre foi mais tarde encontrado com a garganta cortada, segundo a polícia. Policiais cercaram a igreja e dispararam contra os dois homens no momento em que eles tentavam fugir do local, disse um porta-voz do Ministério do Interior.

O religioso morto foi identificado como Jacques Hamel, padre auxiliar da paróquia, segundo a Conferência dos Bispos da França.

O presidente francês, François Hollande, e o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, estão a caminho da cidade, disseram autoridades do governo. O ataque é tratado como um ataque terrorista pelos investigadores, disseram promotores de Paris em comunicado.

Um porta-voz do Vaticano disse que o papa Francisco compartilha da "dor e do horror" do ataque, qualificado por ele como um ato "bárbaro" em um local sagrado.

O ataque ocorre menos de duas semanas após 84 pessoas serem mortas durante as celebrações da Queda da Bastilha em Nice, na Riviera Francesa por um homem em um caminhão. A Europa tem sido recentemente atingida por uma série de ataques, com quatro episódios violentos na vizinha Alemanha em uma semana.

Não é a primeira vez que uma igreja é alvo na França. Em abril, a polícia francesa prendeu Sid Ahmed Ghlam, argelino suspeito de ter laços com o Estado Islâmico que havia recebido instruções para atacar uma igreja. Fonte: Dow Jones Newswires.