20°
Máx
14°
Min

Papa diz que "mundo está em guerra", mas que religião não é culpada

Papa diz que "mundo está em guerra", mas que religião não é culpada

O papa Francisco disse nesta quarta-feira que os recentes ataques terroristas fazem parte de uma "guerra fragmentada" comparável a guerras mundiais do século passado, dizendo que "o mundo está em guerra porque perdeu a paz".

Em declarações aos jornalistas durante seu voo para a Polônia, onde ele fará uma visita de cinco dias, o papa também condenou o assassinato de um padre francês, que foi degolado ontem, nas mãos de atacantes que reivindicaram lealdade ao Estado Islâmico.

"Este santo sacerdote, que morreu justamente no momento em que ele fazia uma oração por toda a Igreja, é uma vítima. Mais quantos cristãos, quantos inocentes, quantos filhos?", disse o papa. "Não vamos ter medo de afirmar essa realidade. O mundo está em guerra porque perdeu a paz".

No entanto, o papa Francisco disse que a atual violência é culpa dos interesses econômicos e políticos, e não relacionados à religião.

"Há uma guerra por dinheiro", disse ele. "Há uma guerra por recursos naturais. Há uma guerra para a dominação dos povos. Alguns podem pensar que estou falando de guerra religiosa. No entanto, todas as religiões querem a paz. São outras pessoas que querem a guerra", disse o papa. Fonte: Dow Jones Newswires.