24°
Máx
17°
Min

Papa Francisco diz que escuridão e medo não devem aprisionar o mundo

O Papa Francisco disse neste sábado, durante uma vigília pascal, que a escuridão e o medo não devem prevalecer e "aprisionar" o mundo com pessimismo. O apelo de Francisco à esperança na véspera da festa mais alegre do calendário cristão contrastou com sua forte condenação nos últimos dias aos ataques na Bélgica e em outros lugares por extremistas islâmicos.

Francisco entrou silencioso na Basílica de São Pedro escurecida, com apenas uma única vela guiando-o no início da vigília. Ao chegar ao altar, as luzes da igreja se acenderam, em uma demonstração simbólica da luz após a escuridão da crucificação de Jesus.

Em sua homilia, Francisco disse que a esperança que a Páscoa traz é uma lição para o fiéis cristãos a deixar de lado o pessimismo que pode "aprisionar" as pessoas dentro de si mesmas.

"Nós vemos e continuaremos a ver os problemas tanto dentro como fora. Eles vão sempre estar lá", disse. Mas insistiu: "Não permitamos que a escuridão e

o medo nos distraiam e controlem nossos corações".

"Hoje é a celebração da nossa esperança", ele disse. "Ela é tão necessária hoje." A mensagem de Páscoa lembrando a ressurreição de Cristo "desperta e ressuscita a esperança nos corações castigados pela tristeza", disse.

O longo serviço da vigília pascal incluiu um batismo para 12 adultos vindos da China, Coreia do Sul e outros países ao redor do mundo. Na manhã de domingo, Francisco vai presidir a missa de Páscoa e oferecer sua bênção pascal anual.

Fonte: Associated Press