22°
Máx
14°
Min

Papas podem ter amizade "saudável e santa" com mulheres, diz Francisco

Questionado sobre relatos da amizade entre o Papa João Paulo II com a filosófica Anna Teresa Tymieniecka, o papa Francisco afirmou que mesmo papas precisam das mulheres, e ainda que podem manter com elas uma relação de amizade "saudável e santa".

Nesta semana, a Biblioteca Nacional da Polônia anunciou que cartas trocadas entre João Paulo e Anna Teresa sugerem que ela foi apaixonada por Karol Wojtyla, mas que este manteve a relação em um nível de amigável e intelectual.

Francisco disse que sabia da amizade entre os dois e, em geral, qualquer homem que não consegue estabelecer uma relação amigável com uma mulher "está perdendo algo".

A sua santidade disse que ele mesmo dá valor aos conselhos femininos, uma vez que elas "enxergam as coisas de forma diferente" dos homens.

"A amizade com uma mulher não é um pecado, é uma amizade", disse. "Uma relação amorosa com uma mulher que não é sua esposa, isto é um pecado. Entende?"

"Mas o papa é um homem", continuou. "E o papa, também, tem um coração que pode ter uma amizade saudável, santa, com uma mulher".

Francisco reconheceu, no entanto, que a questão da mulher ainda é mau resolvida dentro da Igreja.

"Nós não temos compreendido o bem que uma mulher pode fazer pela vida de um padre e pela igreja no sentido do aconselhamento, da ajuda, da amizade saudável", disse.

Logo que foi nomeado, o pontífice afirmou que a Igreja precisa de mais mulheres em postos de comando. Três anos depois, no entanto, poucas foram nomeadas para altos cargos no Vaticano. Francisco também descartou a ordenação de mulheres e, em algumas ocasiões, emitiu declarações que geraram polêmicas com o público feminino. Fonte: Associated Press.