22°
Máx
16°
Min

Parlamento da África do Sul debate moção contra o presidente Jacob Zuma

(Foto: GCIS) - Parlamento da África do Sul debate moção contra o presidente Jacob Zuma
(Foto: GCIS)

O Parlamento da África do Sul está debatendo uma moção da oposição para remover o presidente Jacob Zuma depois de a Suprema Corte do país afirmar que ele violou a Constituição em um escândalo de gastos. O debate está aquecido e provavelmente a moção não será aprovada, pois é necessária uma maioria de dois terços para isso.

O governista Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), que tem apoiado Zuma apesar dos sinais de divisão interna, tem uma maioria confortável. Mmusi Maimane, líder do principal partido de oposição, a Aliança Democrática, afirmou que "a ANC perdeu o rumo" e descreveu Zuma como um "presidente arruinado".

Mais cedo, a porta-voz do Parlamento, Baleka Mbete, suspendeu temporariamente a sessão depois que parlamentares oposicionistas se queixaram de que ela não podia presidir a sessão por ser aliada próxima de Zuma.

O presidente já é investigado por causa de supostas ligações impróprias com os Guptas, uma família rica de empresários do país. A liderança do ANC tem apoiado Zuma, mas analistas dizem que os escândalos podem prejudicar o partido nas eleições locais marcadas para mais tarde neste ano. Fonte: Associated Press.